segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Carlos Dala Stella: A Beleza dos Bichos

Nesta manhã de segunda-feira, recebi na minha caixa de email este reflexivo poema do escritor e artista plástico Carlos Dala Stella, de quem já publiquei uma série de cinco poemas do seu belo livrobjeto o gato sem nome (2007).  Não resisti..., adaptei uma das minhas composições feitas com recortes de papel, e aqui está para a sua apreciação.



A Beleza dos Bichos
Carlos Dala Stella

os bichos
que triste seria o mundo sem os bichos

como viver sem o silêncio voluntarioso
e elástico do gato

sem esses dois planetas de ternura
com que o cachorro vê o mundo

sem a delicadeza fragilíssima e alada
de um passarinho

sem o espetáculo conciso e coordenado
de lentidão
da tartaruga da preguiça do jabuti

e a galinha
com seus movimentos pasmos de perna e pescoço
bruscos de parvo pânico

e esses barulhentos besouros de carcaças secas
pendulando no ar

e o ilusionismo mudo dos vaga-lumes
o corpo metafísico dos grilos

triste da criança que não conhece
o aquário de milagres
que desliza sinuosamente nos olhos do peixe

que não provocou, com um graveto
um curto-circuito
no carreiro de formigas carregadeiras

tenho tanta pena
do adulto que nunca viu a luz passando
pelo vitral das asas de uma libélula

sem os bichos
estaríamos muito mais sós

e a grandeza de deus
seria infinitamente menor
que a beleza de uma única borboleta

*
ilustração: composição de Joba Tridente 2006/2015


Carlos Dala Stella é conciso: poeta-pintor nascido em 1961 em Santa Felicidade, Curitiba-PR. Autor, entre outros, de o gato sem nome. Quem quiser ir além da concisão é só visitar os seus sites: http://www.dalastella.blogspot.com/   e http://www.geocities.ws/cdalastella/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...